sexta-feira, 9 de setembro de 2011

singular


minha língua
: ave de rapina
sobre prolixidade  


de súbito
súdita erudição

2 comentários:

  1. Tua língua
    :lâmina
    afiada, direta
    ave de rapina

    in céu
    vôo rasante

    ResponderExcluir
  2. ótima poesia sútil e forte ao mesmo tempo

    ResponderExcluir

faça uso de sua lâmina...

in agradecimento

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.